#NeymarJr , Usar o termo “mongol” como xingamento oprime e discrimina as pessoas com sindrome de Down.
Não ao preconceito e a opressão! Chega de capacitismo!
Publicando novamente, pois os meios de comunicação continuam divulgando a frase do #NeymayJr
Neymar!
Sinto que esteja um farsante se passando por você, porém usar o termo “mongol” como xingamento é uma agressão á todxs pessoas com sindrome de Down. Tenho um filho com síndrome de Down que gosta de você, e lamento que você o discrimine e oprima. Sim, você é uma figura pública e seguido por várias crianças, ás vezes tomando as suas palavras como leis, por faltar lhe informações sobre o termo “mongol”. Ao utilizá lo, está demonstrando preconceito e superioridade de RAÇA. Mas vamos, pedagogicamente, explicar: o termo mongolismo foi utilizado por muito tempo para se referir a pessoas idiotas. E as pessoas com síndrome de Down eram semelhantes fisicamente a tribo dos mongóis, pessoas asiáticas tidas como sem inteligência ou pouco inteligentes, abrutalhadas, obtusas. Estes termos foram influenciados por conceitos evolucionistas hoje considerados errôneos e equivocados, que aceitava a superioridade de uma raça sobre a outra (o nazismo apoiava teorias como a hierarquia racial), caracterizando as pessoas com SD como raça inferior. Assim nasceu esse termo com uma grande carga de preconceito infundado, já que os mongóis não são nem nunca foram “idiotas”. Estes termos são totalmente inadequados e preconceituosos, criados a partir de descrições incorretas realizadas no passado. A síndrome de Down é apenas uma condição genética com todas as possibilidades de desenvolvimento pleno com autonomia e independência. Hoje o maior problema que as pessoas com sindrome de down enfrentam é a discriminação e o preconceito. Esclarecido, espero que as postagens sejam retiradas e, no minimo, uma nota de autocritica.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui