Brasil disputaria o Sul-Americano Feminino em julho

O basquete segue sendo impactado pela pandemia do novo coronavírus, denominado covid-19. Na noite de quarta-feira (1º), a Federação Internacional de Basquete (Fiba) e a Confederação Sul-Americana de Basquete (Consubasquet) anunciaram o adiamento e também o cancelamento de eventos programados até o dia 31 de julho.

Assim, o Sul-Americano Feminino, marcado para a primeira semana de junho, em Cali, na Colômbia, foi adiado provavelmente para o mês de agosto. Além disso, a Liga Sul-Americana de Clubes Feminina, que teria o carioca LSB em ação pelo Brasil, foi cancelada pela Consubasquet Já as Copas Américas Sub-18, que aconteceriam nos Estados Unidos em junho, também foram adiadas.

Em um comunicado oficial, primeiro a Fiba explicou que, buscando a manutenção da integridade de jogadores e todas as partes envolvidas, decidira que todos os eventos de basquete com data até 31 de julho deveriam ser remarcados para uma data futura.

No documento, citou o Centroamericano Sub-16, o Campeonato do Caribe Sub-16, o Sul-Americano Feminino, a Liga Sul-Americana de Clubes Feminina, o Pré-Classificatório do Caribe para o Mundial de 2023, as Copas Américas Sub-18 e o Centrobasket Sub-15.

A decisão fez com que a Consubasquet tomasse suas decisões no mesmo dia. Assim, a entidade definiu o adiamento do Sul-Americano Feminino, que seria o primeiro torneio do time comandado pelo técnico José Neto depois da perda da vaga nos Jogos de Tóquio-2020 com três derrotas no Pré-Olímpico disputado em fevereiro, na França.

Por conta da possível perda de meses do calendário, a Consubasquet optou pelo cancelamento da Liga Sul-Americana de Clubes Feminina, além de ampliar a data de inscrição para o masculino. No comunicado, a entidade também retirou qualquer punição para os clubes e confederações que desistirem de disputar os torneios citados, desde que o façam de forma documental com até 60 dias de antecedência da disputa.

Os Pré-Olímpicos do basquete 3×3 e 5×5, com a participação do Brasil no naipe masculino, ainda não tiveram informações divulgadas. A disputa do 3×3 masculino estava prevista para 18 a 23 de março, na Índia. E a do 5×5, na Croácia, estava marcada para 23 a 28 de junho.

Em carta às confederações no último dia 31, a Fiba garantiu que monitora a situação mundial ao lado do Comitê Olímpico Internacional (COI) e que no momento oportuno dará informações sobre essas duas disputas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui