Hospitais públicos baianos vão receber nos próximos dias uma doação de resina termoplástica. O material é usado para produzir máscaras e aventais que são utilizados por profissionais da saúde no combate ao coronavírus. A iniciativa é da empresa Brasken e outras 32 entidades. 

Com o material doado será possível produzir 60 milhões de máscaras. Além disso, estão sendo arrecadados também material para a fabricação de embalagens de álcool líquido e gel e sacos plásticos para o lixo hospitalar. 

“A covid-19 impõe uma situação desafiadora para nossa sociedade e acreditamos que a união é parte fundamental para a superação deste momento. Nossa empresa tem um propósito claro de melhorar a vida das pessoas e não poderia ser diferente agora. Por meio de parcerias com nossa cadeia de valor, integrantes de um setor importante para a economia brasileira e para o desenvolvimento do país, somamos forças para viabilizar a entrega de itens essenciais para o sistema público de saúde e para as comunidades”, explicou Jorge Soto, diretor de Desenvolvimento Sustentável da Braskem. 

Além dos hospitais da rede públicas, comunidades carentes do estado também vão ser beneficiadas. A expectativa da Braskem é de que  50 mil kits de limpeza, que incluem produtos como desinfetante, detergente e sabonete sejam distribuídos para famílias que vivem nas regiões de Salvador, Camaçari, Candeias, Dias D’Ávila e Simões Filho. 

Já famílias de catadores de materiais recicláveis vão receber cestas básicas pelo período de três meses. “Nos engajamos também com organizações empresariais, ONGs, universidades e centros de pesquisa. O momento é de união para trabalharmos juntos na luta contra o coronavírus”, acrescenta Jorge Soto.  

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui