Neste domingo (5), a Prefeitura de Salvador anunciou em suas redes sociais que o Hospital de campanha que está sendo construído no Wet’n Wild, na Avenida Paralela, para atendimento dos casos de coronavírus em Salvador terá 50 leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) e 40 enfermarias. O prefeito ACM Neto esteve no local e acompanhou o andamento das obras que vão ampliar a rede de enfrentamento à pandemia.

“Viemos na manhã desse domingo para vistoriar as obras do hospital de campanha que estamos implantando. Nós assumimos provisoriamente esse espaço que será exclusivo para os pacientes com coronavírus”, disse Neto, em vídeo divulgado em suas redes sociais.

Em meio à pandemia, a construção de hospitais de campanha é uma solução encontrada pelo sistema de saúde para conseguir lidar com a quantidade de doentes e, assim, não entrar em colapso.  “Estamos fazendo esse esforço para que nenhum paciente que precise de respirador ou leito de UTI fique sem assistência na capital”, afirmou Neto. 

Além das UTIs e enfermarias, está sendo construído no Wet’n Wild um espaço anexo para ampliar o número de leitos, caso seja necessário. Para atender aos pacientes cujo quadro é mais grave, a Prefeitura fez uma parceria com o Itaigara Memorial, no Caminho das Árvores. Neste, será garantido 47 leitos de UTIs e 200 profissionais para atendimento pelo Sistema Único de Saúde (SUS).  

Na última quinta-feira (2), Salvador ganhou uma Unidade Básica de Saúde (UBS) em Itapuã que contará com um setor exclusivo para atendimento de casos suspeitos da covid-19. A UBS foi construída pelo governo do estado e é administrada pela prefeitura, através da Secretaria Municipal de Saúde (SMS). 

Outro local que vai atender casos de coronavírus é o Hospital Espanhol. Segundo o Governo do Estado, 140 leitos estarão disponíveis no local a partir dessa sexta-feira (10).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui