Renata foi atingida por bala perdida (Foto: Acervo pessoal)

Uma mulher foi morta durante uma briga entre facções na localidade do Calafate, região da Avenida San Martin, em Salvador. Renata Verena de Azevedo Ribeiro, 40 anos, fazia exercícios físicos na porta de casa, na noite de domingo (5), quando foi atingida na cabeça por uma bala perdida. 

O crime aconteceu por volta das 21h, na Rua do Horto, próximo ao GBarbosa. De acordo com moradores da região, um grupo de traficantes chegou ao local atirando, sem um alvo específico. Apesar do isolamento social para conter a disseminação da covid-19, algumas pessoas estavam na rua e entraram em pânico.

Na hora, Renata estava na porta de casa e foi atingida. Moradores chegaram a chamar o Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu), que chegou a prestar os procedimentos de emergência, mas constatou o óbito no local.

O corpo de Renata foi levado para o Instituto Médico Legal Nina Rodrigues (IMLNR), onde passará por perícia e será liberado para que a família possa fazer o velório. Ainda não há informações sobre o sepultamento da vítima. 

A Polícia Civil informou que, na hora em que Renata foi atingida, acontecia uma troca de tiros entre criminosos rivais, mas não disse quais são os grupos. No entanto, fontes da Secretaria de Segurança Pública (SSP) informaram que o Calafate é uma região disputada pelo Bonde do Ajeita, uma ramificação da facção Bonde do Maluco (BDM), e pelo Comando da Paz (CP) – facção que detém atualmente o domínio do tráfico na comunidade.

A polícia disse ainda que a autoria e motivação serão apuradas pela 3ª Delegacia de Homicídios (DH/Baía de Todos-os-Santos), unidade do Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP).

Já por meio de nota, a Polícia Militar informou que, de acordo com a 9ª Companhia Independente da PM (CIPM/São Caetano), policiais militares da unidade foram acionados para atender a uma ocorrência de disparos de arma de fogo na rua do Horto, na avenida San Martin.

“No local, a guarnição encontrou prepostos do Samu prestando os primeiros socorros a uma mulher de 40 anos, vítima dos disparos de arma de fogo. A mulher não resistiu aos ferimentos e veio a óbito. O local foi isolado e o Serviço de Investigação em Local de Crime (Silc) acionado para realizar a perícia e remoção do corpo”, diz a nota.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui