Gênero ficou famoso durante as décadas de 1960 e 1980

O Canal Brasil lança, na madrugada desta terça (7), o documentário Histórias Que o Nosso Cinema (Não) Contava (2018). A produção inédita tem direção de Fernanda Pessoa, e traz uma análise sobre o surgimento das pornochanchadas, entre as décadas de 1960 e 1980, um dos momentos mais icônicos do cinema brasileiro.

A edição do documentário traz cenas de diversos filmes exibidos na época, o que busca mostrar um retrato do que era o Brasil naqueles anos, e como o cinema nacional era construído. As pornochchadas ficaram marcadas por atrírem milhões de espectadores do cinema, com longas que eram carregados de comédias de forte cunho sexual. 

Em meio ao recorte do que é o cinema brasileiro, Fernanda busca conectar o filme com os fatos que aconteceram naquelas décadas, como a Guerra Fria e a sociedade marcada pelo machismo, com filmes que explicitam a objetificação da mulher. 
 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui