O primeiro-ministro britânico Boris Johnson, 55 anos, foi transferido para uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital em Londres nesta segunda-feira (6), depois que sua condição de saúde piorou. O político está com a covid-19.

Um porta-voz do governo afirmou que o desde o domingo à noite Johsnon está sob cuidados de médicos do St Thomas Hospital, em Londres, por conta da persistência dos sintomas do coronavírus – antes, ele estava isolado em casa.

Ao longo da tarde de hoje, as condições do primeiro-ministro pioraram. Por conselho da equipe médica, ele foi transferido para UTI.

Enquanto Johnson está afastado, o ministro das Relações Exteriores Dominic Raab vai responder pelo governo. “O primeiro-ministro está recebendo excelente cuidados e agradece toda a equipe de saúde pelo trabalho árduo e dedicação”, finaliza o comunicado do governo.

O canal Sky News afirma que Johnson está consciente e não faz uso de respirador artificial, mas a transferência já é uma medida para agilizar caso ele precise da ajuda do aparelho.

Hoje, mais cedo, o ministro da Habitação, Robert Jenrick, tinha dito estar na expectativa de que Johson retornasse ao gabinete em breve. “Ele permanecerá no hospital enquanto precisar, mas ouvi dizer que ele está indo bem e estou ansioso para que ele volte ao gabinete o mais rápido possível”, disse à BBC.

O líder conservador anunciou que estava com coronavírus em 27 de março e que por isso ficaria sete dias em isolamento na sua casa. No período, continuou liderando reuniões por videoconferência – o fato de não ter parado de trabalhar pode ter contribuído para que sua recuperaçao não tenha caminhado bem, avaliam os médicos. Na sexta passada, continuava com febre e no domingo o médico resolveu encaminhá-lo ao hospital como precaução. Desde então está internado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui