Seis servidores da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) estão contaminados com a covid-10, conforme anunciou o secretário Leo Prates em coletiva na manhã desta terça-feira (7), na Pituba. Os profissionais, segundo o secretário, foram infectados por contato direto com um servidor que havia ido trabalhar com febre antes das medidas de restrição adotas pela prefeitura.

Prates explicou que o servidor veio de outro estado e teve acesso a outros cinco funcionários de um setor fechado da secretaria de saúde.

“Nós já temos esses casos confirmados e estamos conversando com o Ministério Público que atua nessa linha de frente de trabalho contra o coronavírus. Já identificamos as pessoas e elas foram isoladas. Trata-se de um cidadão que antes das medidas restritivas serem adotadas foi trabalhar com febre, e acabou contaminando cinco pessoas de um setor fechado da secretaria”, explicou Prates.

Ainda segundo o secretário, o setor onde o funcionário infectado teve acesso está isolado e, na segunda-feira (13), a SMS começará a testar todos os profissionais de Unidades de Pronto Atendimento (UPA) e Pronto Atendimento (PA) da cidade, administrados pela prefeitura. No entanto, Prates revelou ainda que prefeitura estuda contratar hotéis para abrigar os trabalhadores da saúde infectados.

“O prefeito já autorizou a contratação de hotéis para abrigar esses trabalhadores infectados, para que eles não tenham contato com os familiares em casa. O processo está em licitação”, completou.

*Com supervisão da chefe de reportagem Perla Ribeiro

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui