Cidade mais atingida dos Estados Unidos, com mais de 5 mil mortes até esta sexta-feira (10),  Nova York passou a usar valas comuns para enterrar vítimas de covid-19, doença causada pelo novo coronavírus, que não tenham seus corpos reclamados pela família.

Outra medida adotada pelas autoridades locais a fim de evitar a disseminação do vírus diz respeito ao tempo de permanência dos corpos nos necrotérios. Agora, passou de 25 para 14 dias o tempo de armazenamento dos corpos. 

A ilha recebia, antes da pandemia, cerca de 25 corpos por semana, tanto de pessoas que não foram reclamadas pela família quanto de pessoas cujas famílias não podem pagar pelo serviço de funeral e enterro. Hoje, esse é a média de enterros diários na cidade. Segundo a Associated Press, há mais de um milhão de nova-iorquinos enterrados no campo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui