O presidente do diretório estadual do PSL, Aécio Guerino, disse que o empresário Adonias Correia Santana, que agrediu um morador de rua ao fingir interesse em ajudá-lo, em Sinop, foi expulso do partido. Segundo ele, o ato foi assinado nesta sexta-feira (10). O vídeo que mostra a agressão está repercutindo bastante nas redes sociais.

Para o dirigente da sigla em Mato Grosso, o ato do empresário que era tesoureiro do diretório municipal do PSL de Tabaporã, município na região norte do estado, é covarde e inaceitável. “Espero que ele responda na Justiça pela agressão”, declarou.

(Foto: Reprodução)

De acordo com o G1, a agressão está sendo investigada pela Polícia Civil, que já identificou a vítima e o motorista e o passageiro do carro que se aproxima do morador de rua e simula intenção de querer ajudá-lo. O passageiro é Adonias e o motorista que grava a agressão é Hildebrando José dos Santos. Ele disse que por enquanto não irá se posicionar sobre o assunto. Adonias ainda não foi localizado.

De acordo com a Polícia Civil, eles devem responder por injúria real – quando há ofensa da dignidade de alguém com agressão física -, lesão corporal e constrangimento ilegal. O vídeo que mostra o ato de violência está repercutindo nas redes sociais.

As imagens mostram os dois homens em um carro abordando o rapaz que está pedindo dinheiro e comida na rua. Eles oferecem dinheiro, falam sobre a crise que o país está passando e perguntam se o rapaz tem recebido ajuda.

No entanto, o gesto que parecia ser de generosidade era apenas uma isca para agredir o rapaz.

Um advogado que soube do caso registrou boletim de ocorrência na delegacia. Com isso, a polícia começou a investigação. Agora, a vítima já identificada foi levada à delegacia para o registro de ocorrência.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui