Pacientes sul-coreanos curados do coronavírus voltaram a testar positivo

Um grupo de 91 pessoas que supostamente havia sido curado do coronavírus na Coreia do Sul voltou a apresentar a presença do vírus em novos exames. O anúncio foi feito por autoridades do país na ultima sexta-feira (10). 

De acordo com Jeong Eun Kyeong, diretor do Centro de Controle e Prevenção de Doenças da Coreia, o vírus pode ter sido “reativado” nos pacientes. Investigações epidemiológicas estão curso para descobrir o que aconteceu.

Entre as possibilidades, especialistas apontam que resultados falsos de exames podem ter causado a alta. Já para outros médicos, restos do vírus podem continuar no organismo dos pacientes, mas sem representar risco para o hospedeiro ou outras pessoas.  

Essa não é a primeira vez que sul-coreanos curados da covid-19 voltam a apresentar a doença. Na segunda-feira (6) um grupo de 51 pacientes havia passado pelo mesmo caso. 

A possibilidade de que pessoas voltem a ser infectadas pelo coronavírus liga um alerta internacional, já que a esperança é de que os pacientes curados criem imunidade suficiente para prevenir um ressurgimento da pandemia. 

Até a última sexta-feira, a Coreia do Sul havia apresentado 10.450 casos do novo coronavírus, com 211 mortes. O epicentro da doença no país é a cidade de Daegu, com pelo menos 6.807 casos confirmados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui