O prefeito de Feira de Santana, Colbert Martins (MDB), anunciou na manhã desta segunda-feira (13) que decidiu prorrogar o fechamento do comércio por mais uma semana por conta do avanço da pandemia do novo coronavírus. Com mais de 40 casos confirmados, a cidade teve um aumento no número de infectados na última semana. 

“O mundo enfrenta uma de suas maiores crises na saúde em decorrência do novo coronavírus. Nossa cidade teve um grande aumento dos casos na última semana. Por isso decidi, mais uma vez, prorrogar o fechamento do comércio por mais uma semana, mantendo só os serviços essenciais”, afirmou.

O último caso confirmado no município foi o de um jovem de 28 anos de idade. Após esse diagnóstico passou para 44 o número de moradores da cidade com diagnóstico confirmado para a covid-19 desde que surgiu primeiro caso. Doze já foram liberados de quarentena, pois tiveram novos testes com resultado negativo, após o prazo de isolamento total. 

A Vigilância Epidemiológica Municipal, órgão da Prefeitura vinculado a Secretaria de Saúde, informa também que no domingo (12) o laboratório Central de Saúde Pública da Bahia liberou três exames negativos.

Pagamento prorrogado
O prazo para pagamento de alguns tributos municipais foi prorrogado pela Prefeitura de Feira de Santana. Através de decreto, o prefeito Colbert Martins Filho flexibilizou os pagamentos, considerando os possíveis efeitos econômicos gerados pelo estado de calamidade público por conta do novo coronavírus (Covid-19).

Os Microempreendedores Individuais (MEI) que recolhem o Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISSQN) terão mais seis meses de prazo para pagamento, seguindo o cronograma. A apuração março, com vencimento original em 20 de abril, vencerá em 20 de outubro; apuração abril, com vencimento original em 20 de maio, vencerá em 20 de novembro; e a Apuração maio, com vencimento original em 22 de junho, vencerá em 21 de dezembro.

Para os optantes do Simples Nacional, os recolhimentos do ISSQN, apurado através do Programa Gerador do Documento de Arrecadação do Simples Nacional – PGDAS-D, ficam prorrogados por três meses, seguindo o cronograma. Apuração março, com vencimento original em 20 de abril, vencerá em 20 de julho; apuração abril, com vencimento original em 20 de maio, vencerá em 20 de agosto; e apuração maio de 2020, com vencimento original em 22 de junho, vencerá em 21 de setembro.

O ISSQN incidido em atividades que possuem valor fixo passa a ser pago de uma só vez no dia 14 de outubro. Antes a lei considerava o pagamento até o dia 10 de julho. A Taxa de Fiscalização do Funcionamento (TFF) deixará também de ser em julho e passará para o dia 10 de novembro.

A TLP (Taxa de Licença e Exploração de Atividades em Logradouros Públicos) sairá de 10 de julho para pagamento em 10 de dezembro.

A medida, que foi publicada em edição extra do Diário Oficial Eletrônico (clique aqui e veja), também está sendo amplamante divulgada com os setores interessados. “Estamos enviando comunicado aos empresários. São mais de 60 mil deles em nossa cidade”, explicou o secretário da Fazenda, Expedito Eloy.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui