Neste domingo, 22, mais uma lesão grave no elenco foi confirmada pelo departamento médico do Barcelona. Após ter se machucado na derrota para o Atlético de Madrid, no sábado, em Madri, pelo Campeonato Espanhol, o zagueiro e capitão Gerard Piqué teve uma torção no ligamento lateral interno do joelho direito. Ao cortar uma bola, Correa caiu em cima da perna de Piqué e a articulação do joelho pareceu girar para trás. “Os exames realizados neste domingo no jogador Gerard Piqué diagnosticaram uma torção de grau 3 no ligamento lateral interno do joelho direito e também lesão parcial do ligamento cruzado anterior. É uma baixa e sua situação será analisada nos próximos dias”, informou o Barcelona em um comunicado oficial, sem confirmar se será necessário uma cirurgia.

Já em relação a Sergi Roberto, o clube informou que a situação é menos complicada, mas ainda preocupante. O jogador, que atua no meio de campo, na lateral direita e até mesmo na zaga, teve uma ruptura no reto femoral da coxa direita. No caso dele, o Barcelona informou que o atleta deverá ser desfalque por cerca de dois meses. Piqué e Sergi Roberto são nomes a mais na lista de machucados do elenco comandado pelo técnico holandês Ronald Koeman. Além deles, Ronald Araújo, Sergio Busquets, Ansu Fati e Umtiti são outros atletas indisponíveis para jogo. Depois da derrota no clássico para o Atlético de Madrid, o Barcelona volta as suas atenções para a Liga dos Campeões da Europa. Líder do Grupo G com nove pontos, após três rodadas, o time espanhol joga nesta terça-feira contra o Dínamo de Kiev, na Ucrânia. Uma vitória assegurará matematicamente a classificação antecipada às oitavas de final.

* Com Estadão Conteúdo