Pode esquecer boneco de neve, frio e todas as referências de Natal americano que geralmente aparecem nos filmes. A nova produção original da Netflix é bem brasileira e retrata uma das festas mais populares do ano de uma forma que, sem dúvidas, vai fazer o público se identificar. Com um catálogo cheio de filmes natalinos, “Tudo Bem no Natal que Vem” é marcado como o primeiro filme nacional da plataforma de streaming nessa temática. “É uma carência que a gente tinha. O Natal brasileiro será bem representado e isso é muito bom. Outro dia minha filha perguntou se não ia nevar, já que o Natal está chegando”, contou a atriz Elisa Pinheiro, que protagoniza a comédia ao lado do ator Leandro Hassum.

“Tudo Bem no Natal que Vem” conta a história de Jorge (Hassum), um pai de família que detesta Natal por fazer aniversário na mesma data e, após levar um tombo no dia 24 de dezembro, ele passa os próximos anos da sua vida acordando sempre na véspera do Natal sem lembrar o que aconteceu no último ano. “Acho que a identificação do público é a nossa grande arma. O filme traz um carinho nesse fim de ano tão atípico. Acredito que a comédia faz parte da cura e pode diminuir a dor nesse tempo de pandemia”, afirmou o protagonista. Mesmo possuindo ótimas doses de comédia, o filme, que foi gravado no ano passado, vem acompanhado de uma carga dramática que faz quem está assistindo refletir sobre o que realmente importa na vida.

“O público vai se surpreender porque essa é uma produção que ousa misturar o humor com o drama. Acho que muita gente vai assistir achando que é só um filme de humor, mas vai acabar se deparando com uma mensagem para refletir”, disse a atriz Arianne Botelho, que dá vida à filha de Leandro Hassum na trama e protagoniza uma das cenas mais emocionantes do filme. Quando foi gravado, o elenco não imaginava que o mundo enfrentaria uma pandemia e, com todos os problemas que o isolamento social vem causando, o longa acabou ganhando um novo peso. “O filme aborda que temos que aproveitar o agora, então ele vem com algo a mais que a gente não esperava”, pontuou o ator Miguel Rômulo, que interpreta o outro filho do personagem Jorge. Antes da estreia, o elenco sofreu a perda do ator Levi Ferreira, que faz uma participação especial como o avô de Laura (Elisa). Ele morreu em outubro vítima da Covid-19.

O primeiro filme brasileiro de Natal da Netflix estreia na plataforma no próximo dia 3 de dezembro e promete marcar o início de muitas outras produções na mesma linha. Ele estará disponível em mais de 190 países e o elenco ainda conta com Danielle Winits, Louise Cardoso, Rodrigo Fagundes e Daniel Filho. “Estou muito honrado de fazer parte desse projeto. O público pode se preparar para ver o Natal sendo retratado com muito calor, abraços e arroz com uva passa”, finalizou Hassum.