Globo
Globo afasta profissionais que cobriram festa da vitória de Bruno Covas (Imagem: Reprodução/ Globo)

A Globo decidiu se prevenir e afastou três equipes de jornalismo, duas de TV e uma de um site, que cobriram o discurso da vitória de Bruno Covas (PSDB), na noite deste domingo (29).

Segundo o colunista Maurício Stycer, do UOL, o evento com muita aglomeração de pessoas em um espaço pequeno fez com que os profissionais de imprensa não respeitassem as exigências de distanciamento social. Por isso, todos os presentes foram submetidos ao risco de contrair a covid-19.

A publicação, então, informou que os contratados da Globo foram orientados a não voltar para a empresa depois do evento. Todos ficarão isolados em suas casas por duas semanas.

“Foi uma medida apenas preventiva, por causa das aglomerações que aconteceram no final das campanhas. A mesma medida foi tomada no Rio e em Recife”, anunciou a assessoria da emissora carioca.

Na semana passada, a Globo já havia afastado os jornalistas que tiveram contato com Guilherme Boulos (PSOL). O candidato anunciou na sexta-feira (27) que contraiu a covid-19.

No Bom Dia São Paulo, desta segunda-feira (30), Rodrigo Bocardi detonou a grande movimentação de pessoas na festa de comemoração de Bruno Covas.

“A gente viu ontem uma aglomeração muito grande no diretório estadual do PSDB, com beijos e abraços, presença de grandes autoridades, inclusive secretário municipal da saúde, vice-governador Rodrigo Garcia, o próprio governador João Doria repetiu que também repetiu muitas vezes para manter o distanciamento. Todos eles aglomerados”, desabafou.

O post Globo afasta equipes que cobriram a festa da vitória de Bruno Covas apareceu primeiro em RD1 → Audiência da TV, Notícias da TV e Famosos.