O ator Lucas Penteado, que está confinado no “BBB 21”, foi acusado por uma mulher, cujo nome foi preservado, de agressão física e cárcere privado. Eles teriam namorado por cinco meses e um BO (Boletim de Ocorrência) foi registrado na Delegacia da Mulher de Diadema, no ABC paulista. A informação foi confirmada pela Secretaria de Segurança Pública (SSP) à Jovem Pan. “O caso foi registrado na DDM de Diadema nesta segunda-feira (1) e encaminhado para a 1ª DDM da Capital, local dos fatos, para o prosseguimento das investigações”, informou a SSP em nota.

A jovem que fez a acusação tem 20 anos e, em depoimento, no qual o UOL teve acesso, ela disse que o namoro começou em janeiro de 2020 e, em março do mesmo ano, passou um final de semana na casa do ator. O problema é que, ao tentar ir embora, de acordo com o relato da denunciante, ele a impediu com a justificativa de que precisavam se casar. Para não deixar a então namorada ir embora sua casa, Lucas teria agredido a jovem. Ainda no depoimento, ela afirmou que já se sentiu obrigada a ter relações sexuais com o ex “por medo de ser agredida”. Ainda de acordo com a jovem, ela agora possui problemas de depressão e ansiedade. A Jovem Pan entrou em contato com a assessoria de imprensa do brother e aguarda o posicionamento.

A autora do Boletim de Ocorrência não é a mesma que fez uma denúncia contra Lucas em uma rede social. Uma mulher identificada como Juliana Meirelles contou que teve um relacionamento de mais de dois anos com o participante do BBB 12 — não foi informado quando o namoro terminou. “O meu relacionamento com ele foi extremamente abusivo, sofri todos os tipos de abusos”, contou Juliana. “Hoje vou começar a juntar tudo o que eu tenho, nesta semana vou à delegacia pedir medidas protetivas porque eu realmente tenho medo dele.” Após ser confrontada com imagens que mostram um relacionamento de seis anos com outro homem, a jovem apagou publicação.