O fôlego da equipe feminina do Corinthians parece não ter fim. Quatro dias depois de conquistar o bicampeonato do Brasileiro, a equipe retornou aos gramados para decidir com o rival Palmeiras a vaga para a final do Campeonato Paulista. Depois de vencer por 1 a 0 no jogo de ida, o Timão empatou em 2 a 2 na Arena Barueri nesta quinta-feira, 10, e avançou para a decisão, graças ao resultado da primeira partida. Quem saiu na frente foi o Palmeiras. Depois de cobrança de escanteio, Janaína subiu mais que todo mundo e mandou para as redes aos 43 minutos do primeiro tempo. Na volta do intervalo, aos 11 minutos, Diany cobrou falta ensaiada e Zanotti matou no peito e chutou, sem chances para a goleira Vivi.

Três minutos depois, Crivelari bateu cruzado e virou o jogo para o Corinthians. Porém, o Palmeiras não se entregou e aos 20 minutos, Ary igualou o placar. Com o placar empatado a equipe de Arthur Elias avançou de fase e pega a Ferroviária, reeditando a final do Campeonato Brasileiro de 2019, quando perdeu o título nos pênaltis. Essa é a oitava final consecutiva que a equipe feminina do Corinthians alcança. A partida teve um episódio inusitado no início. A partida atrasou 1h19 porque a ambulância escalada para a partida precisou atender um chamado não programado e só é possível iniciar o jogo com a presença da equipe médica no gramado.