O Borussia Dortmund entrou em campo nesta terça-feira, 08, pela última rodada da fase de grupos da Liga dos Campeões, contra o Zenit, venceu de virada e ainda viu um de seus jogadores bater um recorde no torneio. O camaronês Youssoufa Moukoko entrou em campo durante a segunda etapa e se tornou, aos 16 anos e 18 dias, o mais jovem na história a atuar na competição. Até então, o recorde era de Celestine Babayaro em 1994 (16 anos e 87 dias). Com a vitória por 2 a 1, os alemães fecharam o grupo F com 13 pontos. A Lazio empatou em 2 a 2 com o Club Brugge e ficou com a segunda colocação na chave. A equipe belga ficou com a vaga para a Liga dos Campeões e o Zenit foi eliminado.

Sem Haaland em campo, fora por lesão, os auri-negros fizeram um primeiro tempo muito ruim e foi o Zenit quem abriu o placar. Aos 16 minutos, Driussi chutou, a bola desviou em Hummels e enganou o goleiro Hitz, balançando as redes e fazendo a festa dos jogadores presentes no estádio. No segundo tempo, Piszczek empatou aos 23 minutos após a bola sobrar na pequena área. Aos 33, Witzel virou para o Dortmund e fechou o placar em 2 a 1, classificando os alemães em primeiro lugar na chave.