O Palmeiras venceu o Libertad por 1 a 0 no Allianz Parque na noite chuvosa desta terça-feira, 15, e se classificou para a semifinal da Copa Libertadores da América. No jogo de ida, disputado na semana passada no Paraguai, o empate em 1 a 1 dava uma pequena vantagem para a equipe brasileira e o favoritismo foi concretizado. O único gol da partida foi marcado por Gustavo Scarpa ainda no primeiro tempo. O adversário do Palmeiras na próxima fase sai do confronto entre River Plate e Nacional do Uruguai (jogo de ida 2 a 0 para os argentinos).

Com a volta de Abel Ferreira na beira do campo, recuperado da Covid-19, o Palmeiras se apresentou bem para a partida. Superior no nível técnico, a equipe do Verdão abriu o placar aos 21 minutos com Gustavo Scarpa, em chute cruzado que o goleiro Martín Silva não conseguiu evitar. O Libertad ainda tentou algumas chegadas no ataque, mas nenhuma levando perigo. Aos 35 minutos, Gustavo Gomez e Bareiro se chocaram de cabeça e precisaram ser atendidos pelas equipes médicas, ambos com sangramentos. No começo do segundo tempo, o zagueiro palmeirense foi substituído apresentando tontura.

Aos 18 minutos, Piris foi expulso depois de dar um pontapé em Raphael Veiga. No lance seguinte, Veron teve duas chances de ampliar o placar, mas Martín Silva fez grandes defesas e evitou o gol. Aos 22, foi a fez de Rony tentar e acertar. Marcos Rocha cruzou e o atacante deslizou na pequena área para empurrar a bola para o fundo das redes, fazendo o segundo dos donos da casa. O Libertad teve apenas uma chance em toda a segunda etapa, após recuada errada de Marcos Rocha, mas os paraguaios desperdiçaram. Para fechar a conta, Gabriel Menino deixou o dele aos 37 minutos.