O ex-atacante da seleção italiano e algoz da seleção brasileira na Copa do Mundo de 1982, Paolo Rossi, morreu nesta quarta-feira, 09, aos 64 anos, de acordo com a imprensa italiana. Ainda não há informações sobre a causa da morte. O anúncio foi feito pelo Bambino D’Oro pelo jornalista Enrico Varriale, da emissora de TV RAI, e posteriormente outros veículos de comunicação italianos, como o “Gazetta dello Sport” também vincularam a notícia. Rossi era casado com Federica Cappelletti desde 2010 e deixa três filhos: Sofia Elena, Maria Vittoria e Alessandro.

*mais informações em instantes