O auxiliar técnico Renê Weber morreu nesta quarta-feira, 16, aos 59 anos, devido a complicações provocadas pela Covid-19, a doença causada pelo novo coronavírus. O também ex-jogador estava internado desde a primeira semana de dezembro na UTI do hospital São Lucas, em Copacabana, no Rio de Janeiro, e não resistiu. Campeão brasileiro pelo Botafogo como auxiliar em 1995, ele teve como último trabalho o próprio Glorioso, nesta temporada, quando fez parte da comissão técnica de Paulo Autuori entre fevereiro e outubro.

Como atleta, Renê Weber teve passagens por grandes clubes do futebol brasileiro, como Fluminense, Internacional e América (RJ). No Tricolor das Laranjeiras, inclusive, ele viveu o seu momento mais marcante, sendo tricampeão carioca (1983 a 1985) e do Brasileirão (1984). Além disso, ele atuou como treinador da seleção brasileira sub-20 e como coordenador técnico do São Paulo.