Elizabeth Jhin

Elizabeth Jhin

Elizabeth Jhin
Elizabeth Jhin é demitida da Globo após anos de contrato (Imagem: Divulgação)

A autora Elizabeth Jhin foi dispensada pela Globo após mais de trinta anos de vínculo com a empresa. Com diversas produções de sucesso, como Eterna Magia (2007), Escrito nas Estrelas (2010) e Além do Tempo (2015), aos 72 anos, ela passou quase metade da sua vida dedicada a projetos da emissora.

Fechou-se um ciclo em que as alegrias superaram em muito os momentos difíceis”, pontuou a novelista à colunista Patrícia Kogut, de O Globo. No seu grandioso currículo, também consta a colaboração que fez em Caminho das Índias (2009), na faixa das 21h, e as titularidades de Amor Eterno Amor (2012) e Espelho da Vida (2018).

Ainda de acordo com a publicação, ela já recebeu duas propostas de trabalho de outras plataformas, mas optou por não aceitar, pelo menos por enquanto. A escritora deseja descansar após anos de dedicação à emissora carioca.

Formada em teatro pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, Elizabeth foi aluna da primeira Oficina de Roteiristas da Globo e fez a sua estreia como autora titular em 2004, na trama Começar de Novo. No total, seis obras de Jhin foram acompanhadas pelos telespectadores. A última foi Espelho da Vida, que chegou ao fim em abril de 2019.

Ela se especializou em novelas com a temática espiritual, assunto que sempre despertou o seu interesse. “Sou uma pessoa muito curiosa e procuro ler muito sobre o assunto. Não lembro exatamente quando comecei a me aprofundar ainda mais neste mundo, mas sempre foi algo que despertou a minha atenção“, disse ao jornal Correio 24 Horas.

O primeiro flerte com a doutrina espírita sempre retratada em suas tramas se deu com Anjo de Mim (1996), assinada por Walther Negrão – de quem Jhin foi parceira em Tropicaliente (1994), Era Uma Vez (1998) e Vila Madalena (1999).

Ao longo da sua trajetória como funcionária da Globo, Elizabeth participou de 19 projetos. Sua primeira colaboração aconteceu em 1991, como coautora de Salomé e Felicidade. “Acredito que há sempre espaço pra se contar boas histórias e isso é o mais importante. O mundo está em constante mudança, assim como os hábitos das pessoas“, pontuou a escritora, quando questionada sobre o gosto dos telespectadores.

AvatarDa Redação

A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.

O post Após mais de 30 anos, autora Elizabeth Jhin deixa a Globo apareceu primeiro em RD1.