Na tarde desta sexta-feira, 12, o cantor Justin Timberlake postou um pedido de desculpas à ex-namorada Britney Spears e para a cantora Janet Jackson por eventos do passado. O pronunciamento aconteceu no Instagram dias depois do lançamento do documentário ‘Framing Britney Spears‘ que retrata o relacionamento dos dois entre os anos 1999 e 2002. O filme mostra Justin fazendo piadas com a namorada durante entrevistas da época e debate sobre o clipe da música ‘Cry Me a River’, em que o cantor contratou uma sósia de Britney para atuar. O lançamento também fez reviver a polêmica envolvendo o músico e a irmã de Michael Jackson, no Super Bowl 2004.

Na ocasião, Justin se apresentou ao lado de Janet no show do intervalo e, durante a apresentação, ele retirou a proteção de um dos seis da cantora, deixando-a constrangida. O caso tirou Jackson dos palcos por anos e fez a cantora ser desconvidada do Grammy, que aconteceu na semana seguinte ao evento esportivo. Timberlake, no entanto, não sofreu consequências pela ação e até foi convidado em 2018 para se apresentar novamente no Super Bowl. “Vi as mensagens, tags, comentários e preocupações e quero responder”, escreveu ele na rede social.

“Lamento profundamente pelos momentos da minha vida em que minhas ações contribuíram para problemas, quando falei fora de hora ou não defendi o que era certo. Sei que falhei nesses momentos e em muitos outros e me beneficiei de um sistema que tolera a misoginia e o racismo. Eu, especialmente, quero me desculpar com Britney Spears e Janet Jackson, individualmente, porque me importo e respeito essas mulheres e sei que fracassei. Também me sinto compelido a responder, em parte, porque todos os envolvidos merecem algo melhor e, o mais importante, porque esta é uma conversa mais ampla da qual desejo de todo o coração fazer parte e crescer”, completou.