O rapper Silentó, de 23 anos, foi preso nesta segunda-feira, 1º, no Condado de DeKalb, na Geórgia, Estados Unidos, suspeito de matar o seu primo. O Departamento de Polícia do Condado repassou a informação por meio de um tweet. “Hoje, Ricky Hawk [nome verdadeiro do rapper], 23, foi preso pelo assassinato de seu primo Frederick Rooks, 34. Em 21 de janeiro, o Departamento de Polícia do Condado de DeKalb investigou a morte de Rooks depois que ele foi encontrado baleado no Deep Shoals Circle. Hawk está na Cadeia do Condado de DeKalb acusado de assassinato”, disseram. Os representantes de Silentó não se manifestaram.

Um representante do Departamento de Polícia disse à revista Variety que investiga um tiroteio em 21 de janeiro, aproximadamente às 3h30, depois que Rooks foi encontrado na estrada com vários ferimentos a bala. Rooks foi declarado morto no local. “Depois de uma investigação completa, os detetives do DKPD identificaram Hawk como primo de Rooks e a pessoa responsável pelo assassinato de Rooks”, diz o comunicado. “Os investigadores ainda estão trabalhando para descobrir o motivo do tiroteio“.

Silentó tem um histórico de problemas jurídicos, tendo sido preso em agosto de 2020 após um distúrbio doméstico. Ele foi preso mais uma vez em outubro e acusado de excesso de velocidade e direção imprudente. O rapper ficou famoso no mundo com o hit Watch Me (Whip / Nae Nae)”, lançado em 2015, e que alcançou a terceira posição na parada Billboard Hot 100. Seu lançamento mais recente foi o single “Swish” em 28 de janeiro. Ele também lançou um álbum, “Skyrolizonte,” em outubro de 2020.