Marcio Alario Esteves é um grande apreciador do setor automobilístico e, por isso, nos explica um pouco dessa prática que está se tornando cada vez mais famosa no Brasil. O significado de off road é amplo, pois são muitas as possibilidades. O termo em inglês significa, literalmente, fora da estrada, o que já nos dá uma dimensão sobre o tema.

A prática pode ser realizada com quadriciclo, jeeps, bikes, motos e 4×4. Porém, é a moto que mais mescla a essência do esporte radical com a imersão na natureza. Para isso, é preciso decidir qual motocicleta vai se encaixar em seu estilo de pilotagem e biotipo físico, uma vez que cada modelo carrega as características necessárias para o esporte. As motos off road costumam ter uma engenharia mecânica diferente para cada modalidade.

O lugar mais democrático para começar a prática do off road com certeza são as trilhas. Marcio Alario Esteves diz que assim os pilotos ficam sempre explorando obstáculos naturais em meio a natureza. É por isso que as rotas de turismo são tão importantes, pois os lugares costumam ser pouco explorados. A viagem vale a pena principalmente pela aventura misturada às paisagens surpreendentes.

Nas rotas é possível acessar cachoeiras, um lindo mirante no alto de um pico, sentir ar puro e conseguir voltar ao ponto inicial antes mesmo de anoitecer. Outro detalhe sobre o off road é que os pilotos podem, em grupos de amigos normalmente, ficar em situações diversas, com mais aventura e adrenalina. Não há com o que se preocupar porque esses locais são cedidos por proprietários de fazendas que permitem a prática, desde que respeite as regras da propriedade.

O motociclismo off road é, então, considerado uma atividade de alta intensidade física. Sendo assim, é essencial se preparar, pois o desgaste físico e a falta de preparo podem, certamente, aumentar o risco de quedas ou lesões indesejadas. No entanto, Marcio Alario Esteves conta que mesmo quem não tem um bom preparo pode praticar. As rotas de trilhas são diversas, o ideal é começar por uma mais simples e só então pensar em testar o próprio limite.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui